Embolização de Miomas Uterinos

Os miomas uterinos são tumores benignos que acometem a mulher em idade fértil, e pode causar sintomas de dor, peso na pelve, sangramento prolongado, abortamento de repetição, entre outros.

O tratamento padrão até hoje é a miomectomia (retirada cirúrgica dos nódulos), porém em alguns casos não se consegue preservar o útero, restando a retirada do mesmo (histerectomia).

A embolização dos miomas uterinos é realizada em mulheres com sintomas (principalmente sangramento) e que querem preservar o útero, como alternativa à histerectomia. É um procedimento minimamente invasivo, realizado sob raquianestesia e sedação. São injetadas pequenas partículas no interior dos vasos que nutrem o útero, causando diminuição do tamanho dos tumores e interrupção do sangramento.

O tempo médio de internação é de 2 a 3 dias após o procedimento. O retorno às atividades habituais acontece em cerca de 2 a 3 semanas. O acompanhamento deve ser feito juntamente com o ginecologista.

Abaixo o vídeo explicativo da embolização dos miomas uterinos (em inglês):